Posts Tagged ‘thiago justino’

h1

Aos 20 anos

22/11/2010

Este mês, a Mulher carioca completou 20 anos. Era 10 de novembro de 1990 quando a equipe comandada por Aderbal estreava o primeiro romance-em-cena. A ocupação do Teatro Glácio Gill e a criação do Centro de Demolição e Construção do Espetáculo são histórias paralelas, que se confundem com o nascimento dessa poética criada por Freire-Filho. Com duração de 4h40min, a empreitada teve apresentações no Brasil e no exterior. Estavam no elenco original, os jovens destemidos Candido Damm, Duda Mamberti, Gillray Coutinho, Malu Valle, Marcello Escorel, Orã Figueiredo, Suzana Saldanha e Thiago Justino.

h1

Romance-em-cena

09/02/2009
Thiago Justino e Gillray Coutinho

Thiago Justino e Gillray Coutinho

Você é muito bem-vindo ao blog do romance-em-cena! Juntos, vamos tentar desvendar os caminhos dessa linguagem teatral única. Deixe seu comentário!

A mulher carioca aos 22 anos (texto de João de Minas), do Centro de Demolição e Construção do Espetáculo, é o primeiro romance-em-cena de Aderbal Freire-Filho, montado em 1990. O diretor volta a utilizar a mesma linguagem em 2003 com O que diz Molero (texto de Dinis Machado) e em 2006 com O púcaro búlgaro (texto de Campos de Carvalho).

Esta pesquisa chama-se Romance-em-cena: processo de criação e trajetória de uma trilogia. Os estudos começaram em dezembro de 2008, com a leitura dos três romances. Outras referências bibliográficas também fazem parte do projeto. Saiba mais na página ao lado sobre a pesquisa romance-em-cena.

Este projeto foi contemplado pela Fundação Nacional das Artes – FUNARTE, no Programa de Bolsas e Estímulo à Produção Crítica em Artes – categoria Produção Crítica em Teatro.